Meu Carrinho 0

Blog

Ser manso

ser manso

Bem-aventurados são os mansos: porque eles herdarão a terra. Mateus 5:5:

O que é ser manso?

Ora, ser manso é andar conforme o espírito de Jesus, segundo o Evangelho. Segundo Dicionário de VINE, (CPAD), página 771, uma a pessoa “mansa”:

“Não consiste só no comportamento exterior da pessoa; nem ainda em relação com o próximo; tampouco na sua mera disposição natural. Antes é uma entretecida graça da alma; e cujos exercícios são primeira e primariamente para com Deus. É o temperamento de espírito no qual aceitamos Seus procedimentos conosco como bons, e, portanto, sem disputar ou resistir. […] Sendo em primeiro lugar uma mansidão perante Deus, também o é diante dos homens, até de homens maus.”

Geralmente os exegetas e teólogos procuram o significado da palavra grega para mansidão e vêem como ela aparece nos textos do N.T. e do grego clássico; isso a fim de “definirem” o significado da palavra mansidão.

Mas, sinceramente, tudo isto é besteira.

E por quê ser manso?

Porque o Verbo se fez carne. Logo, tudo o que eu preciso saber sobre a Palavra — acerca do espírito do que ela ensina —, eu encontro na Encarnação.

Ou seja: em Jesus a Palavra não apenas se encarnou, mas se fez interpretada, não só pelas palavras de Jesus, mas, sobretudo, pelo modo como Ele viveu a Palavra; afinal, Ele é a Encarnação dela; e a interpretação dela também.

Portanto, se você quiser saber como é ser qualquer coisa, olhe para o modo de Jesus ser, no Seu trato com as pessoas.

No caso Dele, mansidão nada tem a ver com passividade, nem tampouco com incapacidade de responder e reagir.

Mansidão, em Jesus, é senso de propriedade.

E mais: é a capacidade de não se deixar desviar do curso do caminho em razão das amarguras, hostilidades ou provocações de quem quer que seja.

No entanto, nem por causa disso, Ele deixa de saber quando é a hora do azorrague e também de dizer “Ai de vós, fariseus hipócritas!”

O mesmo critério interpretativo serve para tudo o mais.

Nem a mansidão se restringe apenas à ação exterior, como os Escribas e Fariseus ensinaram no passado, e os Professores miseráveis, não foram ensinados por Deus, não irão falhar de fazer isto, em todas as épocas. Nosso Senhor guarda contra isto,e mostra a extensão verdadeira dela, nas seguintes palavras, em (Mateus 5:21-22) ‘Ouvistes o que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu em juízo. Eu, porém, vos digo que, qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo, e, qualquer que chamar a seu irmão de raca [mentecapto] será réu do Sinédrio; e qualquer que lhe chamar de louco será réu do fogo do inferno’.

Entendamos que ser manso é sinónimo daqueles que aceitam a vontade de Deus nas suas vidas sem questionar. Longe de ser uma fraqueza de carácter, uma calma excepcional, refere-se a quem é submisso a Deus e entende que mesmo quando insultado, trata-se de uma permissão de Deus para refiná-lo.

O nosso site está em modo de manutenção, devido a problemas internos. Desculpas pelos transtornos causados! Dispensar