Meu Carrinho 0

Blog

Definição de HDL e sua estrutura

Definição de HDL: a fração lipoprotéica conhecida como HDL é, na verdade, constituída por um grupo de partículas originalmente obtidas por ultracentrifugação do plasma, com densidade entre 1,063 e 1,25g/ml. Assim, as HDL são as menores (7-17nm de diâmetro) e as mais densas (1,063 < d < 1,25g/ml) das frações lipoprotéicas plasmáticas. Sua estrutura consiste em um núcleo lipídico hidrofóbico, contendo principalmente ésteres de colesterol, uma pequena quantidade de triacilgliceróis e colesterol não-esterificado. Esse núcleo é circundado por uma camada monofásica de fosfolipídios, colesterol não-esterificado e apolipoproteínas. As principais apolipoproteínas da HDL são apo A-I e apo A-II, embora outras, como apo A-IV, apo A-V, apo C-I, apo C-II, apo C-III, apo D e apo E, possam estar presentes.

hdl estrutura e definicao
hdl: estrutura e definicao

A HDL também serve como transportador plasmático eficaz de proteínas envolvidas com o metabolismo lipídico, como proteína transportadora de éster de colesterol (CETP), lecitina, colesterol aciltransferase (LCAT) e proteína transportadora de fosfolipídios (PLTP), que participam ativamente das vias metabólicas da HDL.

Quando isoladas por ultracentrifugação, podem ser observadas duas frações predominantes de HDL: uma subfração principal, chamada HDL2, encontrada na faixa de densidade entre 1,063 e 1,125g/ml, e outra, chamada HDL3, obtida entre 1,125 e 1,21g/ml.

Uma terceira fração obtida em menor quantidade, conhecida como lipoproteína de densidade muito alta (VHDL), pode também ser isolada na faixa de densidade entre 1,21 e 1,25.

Quando separada por eletroforese em sistema de gel de poliacrilamida não-desnaturante, que usa o tamanho e a carga da partícula como base para a separação, a fração da HDL previamente obtida por ultracentrifugação pode ser dividida em cinco subfrações distintas.

Essas subfrações separadas por ordem decrescente de tamanho são: HDL2b (diâmetro médio 10,6nm), HDL2a (9,2nm), HDL3a (8,4nm), HDL3b (8nm) e HDL3c (7,6nm), que também podem ser identificadas por ressonância magnética nuclear (RMN), técnica que tem sido mais recentemente utilizada na identificação de subfrações da HDL em função do tamanho das partículas.

As HDL também podem ser divididas em duas subpopulações, tendo como base a sua composição de apolipoproteínas: uma subpopulação compreendendo as partículas
contendo somente apoA-I (HDL A-I) e outra que contém as duas apolipoproteínas (HDL A-I/A-II). Enquanto a proporção de apoA-I é de aproximadamente 50% nas HDL A-I e HDL A-I/A-II, na maioria dos indivíduos quase toda a apoA-II está na fração das HDL A-I/A-II.

A maior parte das HDL A-I/A-II está na fração de densidade HDL3, e as HDL A-I são os componentes principais das frações HDL3 e HDL2.

Quando as partículas de HDL são separadas por eletroforese em gel de agarose, ocorrem quatro bandas de migração denominadas alfa, pré-alfa, pré-beta e gama de acordo com as bandas observadas na separação do plasma.

As partículas que migram na posição alfa são esféricas e constituem a maior proporção, na qual estão incluídas as frações HDL3 e HDL2, assim como HDL A-I e HDL A-I/A-II.

As partículas conhecidas como pré-β1 HDL são, na verdade, moléculas de apoA-I ou partículas discóides consistindo de uma ou duas moléculas de apoA-I contendo fosfolipídios e, possivelmente, uma pequena quantidade de colesterol não-esterificado.

A fração gama é constituída de partículas que contêm apoE e não apoA-I.

Fonte: artigo: Estrutura, metabolismo e funções fisiológicas da lipoproteína de alta densidade

O nosso site está em modo de manutenção, devido a problemas internos. Desculpas pelos transtornos causados! Dispensar