Meu Carrinho 0

Blog

Bíblia sagrada

Bibliologia

bíblia sagrada além de ser um livro histórico, ele é, na verdade, um conjunto de livros escrito por cerca de 40 homens que viveram em épocas diferentes. Alguns de épocas tão remotas, porém algo lhes era comum: todos eles apontavam para uma só pessoa – Jesus Cristo.

Podemos até ignorar este facto, mas em Génesis Moisés faz menção do Messias, lemos também outras menções em Salmos, livros proféticos como o de Isaías.

Todos eles acreditavam em um só Deus e um só Senhor. Por isso encontramos em vários lugares da Bíblia sagrada aspectos interrelacionados entre si; o exemplo claro disso é a questão da graça de Deus que vemos na vida de Noé, de Davi, de Pedro e vários outros irmãos.

Porque de eternidade para eternidade a graça de Deus nos é revelada através do Seu Poderoso Espírito.

Diante desta introdução queremos deixar bem claro que o SENHOR é mesmo, o Espírito é o mesmo e o Pai é o mesmo.  Em outras palavras: Deus é o mesmo no antigo e também no novo testamento, por isso a Bíblia sagrada consideramos um livro sagrado que contém a revelação do divino – Cristo.

A inspiração da bíblia sagrada

Os manuscritos sagrados deixam bem claros que os Homens que escreveram cada letra, palavra, versículo ou mesmo capítulo foram inspirados pelo divino. Poderiam perguntar porquê ir atrás da própria bíblia para explicar a bíblia. É simples como dissemos muitos Homens escreveram a Bíblia e como se sabe duas testemunhas podem ser suficientes para se afirmar uma verdade, logo se apóstolo Paulo, Senhor Jesus e outros profetas falam da inspiração nas sagradas escrituras, não restam dúvidas de que existem verdade nessa expressão.

A outra questão está ligada à ciência uma vez que ela trás descobertas arqueológicas a respeito do que está relatado na Bíblia: esse facto só fortalece a inspiração e a infalibilidade do que ela diz a respeito de Deus. Essas descobertas podemos encontrar em vários lugares bem como museus de renomes.

Outra apologia que fazemos a respeito da inspiração da bíblia sagrada está ligada ao facto do Senhor ter mandado aos seus discípulos para “examinar as escrituras porque elas testificam dele”. Toda história parou e todos Homens sabem da existência desse Homem – Jesus, que mudou o rumo de toda a história. ELe é o filho de Deus e não discutimos isso aqui, apenas queremos relevar  que o que a Bíblia diz deve ser obedecido e crido, porque temos testemunho do próprio Deus a revelar que as sagradas escrituras são verdadeiras.

Quero chamar atenção a todos no sentido de que por mais que Toda a Bíblia ela tem apenas um e único sentido, isto é, a única mensagem deve ser libertação, salvação e vida em Cristo. Para tal compreensão é preciso revelação que só Espírito Santo concede. Ao que estamos aqui dizer é que Jesus declarou “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu para pregar o Evangelho aos pobres. Ele me enviou para proclamar a libertação dos aprisionados e a recuperação da vista aos cegos; para restituir a liberdade aos oprimidos, e promulgar a época da graça do Senhor”.

A declaração acima nos leva a crer que o centro da bíblia sagrada chama-se – Jesus Cristo, leia mais sobre isso aqui.

O nosso site está em modo de manutenção, devido a problemas internos. Desculpas pelos transtornos causados! Dispensar