Numero de celular é alvo para hackers roubarem

numero de celular é alvo para hacker

Estamos cada vez mais acostumados a acessar todas as nossas contas digitais pelo celular. Mas não só as de e-mail, Twitter ou Facebook, mas também a bancária, aquelas nas quais armazenamos serviços na nuvem e muitos outros serviços.

Isso faz com que nossos telefones sejam mais atraentes para hackers que buscam acesso a essas contas para roubar dinheiro e informações sensíveis, como números de passaporte, documentos confidenciais ou declarações de impostos.

Apenas com nosso número de telefone e usando criatividade e um pouco de “engenharia social” (técnicas de manipulação usadas por cibercriminosos), os hackers podem facilmente convencer os serviços de atendimento ao cliente de nossa operadora de que o número pertence a eles – e não aos verdadeiros donos.

[AdSense-A]

Essa é a tendência mais recente entre os hackers, mas o procedimento já é conhecido há algum tempo.

Verificação em dois passos

Eles costumam começar obtendo informações que nós mesmos deixamos disponíveis na internet: nome, endereço, data de nascimento, etc… para depois obter o número e convencer o atendente da empresa de que é o proprietário da linha.

Além disso, muitos só precisam clicar na opção “Esqueci a senha” para entrar em suas contas sem que você possa fazer nada a respeito.

Para isso, eles se aproveitam dos chamados sistemas de verificação em dois passos que, para dar mais segurança às senhas, enviam códigos numéricos aos clientes por mensagens de celular.

[AdSense-A]

Ou seja, o fato de seu número ser usado como garantia para protegê-lo pode se transformar em uma grande oportunidade para os hackers.

“Meu iPad, meu telefone e meu computador reiniciaram. Foi aí que eu me assustei e pensei: ‘Isso é sério!'”, disse ao jornal americano The New York Times Chris Burniske, um investidor em moedas virtuais que teve o acesso a seu número de telefone roubado no ano passado.

Uma investigação do jornal indica que há cada vez mais denúncias de hackers que ligam para as operadoras de telefonia fazendo-se passar pelos donos dos números de celular roubados.

Em um artigo para a revista americana Forbes, a especialista em criptotecnologia Laura Shin diz que nos últimos meses muitos hackers usaram essa técnica para roubar dinheiro virtual (Bitcoin, Ether e outras moedas).

“Mas esse crime pode ser perpetrado por qualquer pessoa que use os serviços de internet mais comuns: Gmail, iCloud, Facebook, bancos, Paypal, Dropbox e muitos outros”, afirma.

[AdSense-B]

Como se proteger

Segundo Shin, as empresas de telecomunicações estão “ficando para trás na hora de impedir o roubo de números de telefone”.

Por causa disso, é preciso que cada um busque maneiras de proteger seu número e mantê-lo à salvo.

De acordo com a especialista, essas são algumas dicas para proteger seu celular:

1. Crie um código acesso ao celular

É a medida de proteção mais básica e também pode ser hackeada. Por isso, é importante tomar outras precauções.

2. Use um endereço de e-mail específico

O mais provável é que você use o mesmo e-mail e número de telefone para acessar todas as suas contas. Isso é um erro. O melhor para estar protegido é usar contas diferentes.

De acordo com Shin, é necessário ter ao menos três: um e-mail principal, um e-mail para o telefone e outro para contas sensíveis (banco, Facebook ou Dropbox, por exemplo). Dessa forma, os hackers terão mais trabalho.

3. Fortaleça os procedimentos de segurança

Você pode dizer a sua operadora de telefonia, por exemplo, que mudanças na sua conta só podem ser realizados em pessoa ou apresentando uma cópia do seu documento de identidade.

4. Desabilite o acesso do telefone à internet junto a sua operadora

Essa opção é mais radical e pode ser incômoda em alguns casos, mas é a medida mais eficiente para evitar que os hackers se aproveitem de possíveis vulnerabilidades.

[AdSense-A]

5. Experimente o Google Voice

Quando você faz uma conta de Google Voice, o serviço de telecomunicação do Google, você recebe um número de telefone no qual pode fazer e receber ligações pela internet – as ligações são pagas. É possível bloquear o número, gerir seu histórico de chamadas, de mensagens de texto e de conversas.

6. Crie senhas fortes

Este é o conselho universal para tudo o que se refere à tecnologia digital: quanto mais complicada for sua senha, melhor. Inclua letras maiúsculas e minúsculas, números e frases longas.

7. Não conecte seu número de telefone a contas que contém informações sensíveis

Evite vincular seu número ao Facebook, a sua conta bancária e a outros serviços online. É a maneira mais segura de evitar fraudes.

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/geral-41057249

[AdSense-A]

Sair da versão mobile