Acetilcisteína

Formulario nacional de medicamentos de moçambique

Atenção: Qualquer medicamento apresentado no site augustobene.com não deve ser tomado sem o devido acompanhamento médico ou farmacêutico. As informações aqui presentes são meramente informativas.

O autor do artigo

Generalidades

A acetilcisteína (também conhecida como N- acetilcisteína) previne a lesão hepática principalmente pela restauração da glutationa hepática.

Além disso, em pacientes com insuficiência hepática induzida por paracetamol, a acetilcisteína melhora a hemodinâmica e o uso de oxigênio, aumenta a depuração de indocianina verde (uma medida da depuração hepática) e diminui o edema cerebral.

O mecanismo exato desses efeitos não é claro, mas pode envolver a eliminação de radicais livres ou alterações no fluxo sanguíneo hepático.

acetilcisteína
Figura 1. Fórmula estrutural da N-acetilcisteína (Fonte: wikipédia)

Informações de administração

A acetilcisteína é utilizada principalmente como um efeito mucolítico e no manejo da superdosagem de paracetamol. Para casos da intoxicação por paracetamol é elegível a via endovenosa.

Doses

Iniciar com uma dose de 150 mg/kg do fármaco em 200 mL de dextrose a 5% a administrar em 15 min. A seguir, administrar 50 mg/kg em 500 mL de dextrose a 5% de 4/4 h, até ao máximo de 17 doses. Em crianças, adaptar o volume de fluidos.

Cuidados a ter com acetilcisteína

A acetilcisteína pode causar Cefaleia, náusea, vómitos, erupção cutânea, broncospasmo e reacção anafiláctica.

É necessário:

  • Administrar com precaução em doentes asmáticos.
  • Vigiar a ocorrência de reacções de hipersensibilidade. Reacções ligeiras não obrigam a suspensão do tratamento.
  • Vigiar os níveis séricos de potássio.

Interações medicamentosas

A acetilcisteína não tem interações graves conhecidas com outras drogas. Interações moderadas incluem o carvão ativado.

Interações leves de acetilcisteína incluem:

  • azitromicina
  • bazedoxifeno / estrogênios conjugados
  • cloranfenicol
  • claritromicina
  • demeclociclina
  • diclorofenamida
  • doxiciclina
  • base de eritromicina
  • eritromicina etilsuccinato
  • lactobionato de eritromicina
  • estearato de eritromicina
  • minociclina
  • probenecida
  • picosulfato de sódio / óxido de magnésio / ácido cítrico anidro
  • tetraciclina
  • vancomicina


Esta informação não contém todas as interações possíveis ou efeitos adversos. Portanto, antes de usar este produto, informe o seu médico ou farmacêutico de todos os produtos que você usa.