7 coisas que você não sabia sobre o ibuprofeno, mas deveria

ibuprofeno é um antiflamatório
82 / 100

Você sabia que o ibuprofeno foi introduzido pela primeira vez em 1899? Agora é o medicamento mais prescrito no mundo. Este medicamento funciona bloqueando a produção de prostaglandinas, que causam inflamação.

Ibuprofeno é um antinflamatório usado para tratar artrite e outras condições.

Existem vários outros usos para o ibuprofeno além de tratar artrite e outras condições inflamatórias. Na verdade, é um dos medicamentos mais usados ​​no mundo. Também é usado para tratar febre, cólicas menstruais, enxaquecas e lesões esportivas.

Este medicamento tem efeitos anti-inflamatórios menos marcados que diclofenaco ou indometacina, mas tem a vantagem de ser muito melhor tolerado e dos seus efeitos secundários serem menos frequentes, menos intensos e menos graves.

O ibuprofeno é um derivado do ácido propiônico e seu efeito terapêutico decorre da sua atividade inibitória decorre de sua atividade inibitória da prostaglandina sintetase. Interfere na síntese de prostaglandinas, inibindo reversivelmente a ciclooxigenase, uma das 2 enzimas que atuam no ácido araquidônico.

A ciclooxigenase existe como 2 isoenzimas: ciclooxigenase-1 (COX-1) e ciclooxigenase-2 (COX-2). A COX-1 é expressa em quase todos os tecidos e é responsável pela síntese de prostaglandinas em resposta a estímulos hormonais, pela manutenção da função renal normal, bem como pela integridade da mucosa gástrica e pela hemostasia.

A COX-2 é expressa apenas no cérebro, rins, órgãos reprodutivos e alguns tumores; entretanto, a COX-2 é induzível em muitas células em resposta a alguns mediadores inflamatórios, como interleucina-1, mitógenos, lipopolissacarídeos e radicais livres. A ação anti-inflamatória pode ser devida à inibição da síntese ou liberação de prostaglandinas ou ambas.

É antipirético ou antitérmico

O ibuprofeno produz antipirese (reduz a temperatura alta do corpo, como na febre), atuando no hipotálamo, com dissipação de calor como resultado da vasodilatação e aumento do fluxo sanguíneo periférico. Inibe a migração de leucócitos para áreas inflamadas, previne a liberação de citocinas por leucócitos e outras moléculas que atuam em receptores nociceptivos.

O ibuprofeno, como outros AINEs, não altera o limiar de dor nem modifica os níveis de prostaglandina cerebral, portanto seus efeitos são periféricos. A antipirese resulta da vasodilatação periférica devido a uma ação central no centro termorregulador do hipotálamo; não possui propriedades glicocorticóides ou adrenocorticóides e não possui ação uricosúrica. Inibe a agregação plaquetária e prolonga o tempo de sangramento.

Pode ser tomado como receita médica ou sem receita (OTC).

Se você toma ibuprofeno regularmente, converse com seu médico antes de tomar qualquer medicação adicional. Isso inclui medicamentos prescritos, produtos OTC, suplementos de ervas e vitaminas.

Pode ajudar a prevenir ataques cardíacos.

De acordo com a American Heart Association, tomar ibuprofeno regularmente pode ajudar a prevenir ataques cardíacos. Isso ocorre porque o ibuprofeno reduz a inflamação no corpo, o que ajuda a manter os vasos sanguíneos abertos e evita o acúmulo de placas.

Pode reduzir o risco de acidente vascular cerebral.

Além de prevenir ataques cardíacos, o ibuprofeno também parece reduzir o risco de derrames. Um estudo publicado na revista Neurology descobriu que as pessoas que tomavam ibuprofeno diariamente eram menos propensas a sofrer um derrame do que aquelas que não tomavam nenhum medicamento.

Ibuprofeno é antinflamatório com poucas reações adversas

O ibuprofeno tem poucos efeitos colaterais em comparação com outros medicamentos. Na verdade, é considerado seguro o suficiente para usar durante a gravidez. No entanto, existem alguns riscos associados ao uso excessivo de ibuprofeno, mais frequentes com doses de 3200 mg/dia.

Nestes casos, podem ocorrer náuseas, vômitos, dispepsia, azia, desconforto abdominal, diarreia, microlesões intestinais, possível ativação de úlcera e sangramento (melena, hematêmese).

Quantas vezes tomar ao dia?

Adultos devem tomar entre 200-400 mg de ibuprofeno 3 vezes ao dia ou a cada 8 h. No entanto, não a dose máxima diária deve ser de 2400 mg. No caso das crianças é recomendado tomar 20 mg por cada quilograma de peso da criança por dia; a dose deve ser divididas em 3-4 tomas.

Deve por isso, ser usado de preferência aos outros fármacos deste grupo sobretudo nos processos inflamatórios de intensidade ligeira e moderada.  Associado à zidovudina (medicamento utilizado para tratar HIV) há um risco maior de toxicidade hematológica. A sua concentração plasmática é aumentada em associação com ritonavir.

Aproximadamente 80% de uma dose oral de ibuprofeno é absorvida pelo trato gastrointestinal. A taxa de absorção é retardada e as concentrações plasmáticas são reduzidas quando o fármaco é tomado com alimentos. Para que a resposta terapêutica seja evidente, são necessários de alguns dias a 2 semanas de tratamento.

Tags:

Artigos Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile