Marketing de conteúdo ou inbound marketing: diferenças.

marketing de conteúdo e inbound marketing

O marketing de conteúdo é muito importante, isto é, conteúdo significativo atrai a atenção do público-alvo, ajuda as empresas ou o empreendedor digital a estabelecer relacionamentos com compradores e é projetado para ser compartilhado com outras pessoas.

O marketing de conteúdo é o combustível para um foguete de marketing de sucesso. No entanto, assim como o combustível, conteúdo incrível por si só não vai levar você muito longe.

Claro, a publicação regular de conteúdo gera tráfego. Mas só ele é insuficiente para captar ou qualificar leads, movendo-os ao longo da jornada do comprador ou convertendo-os em clientes fiéis.

A criação de conteúdo requer um framework estratégico. É aí onde está o pilar: “ marketing de conteúdo ” e “ marketing de entrada ou inbound marketing” são os dois mais comuns.

Então, esses são apenas dois termos semelhantes que significam a mesma coisa? Se não, quais são as diferenças? Qual deles é mais fácil implementar do que o outro?

Aqui está uma resposta curta: pense no marketing de conteúdo como estando sob a égide do marketing de entrada; uma parte vital. No entanto, o marketing de entrada é uma abordagem abrangente para atrair, qualificar, estimular, vender e encantar os clientes.

Então, se você não está usando todas as práticas do inbound marketing, seu marketing não está alcançando todo o seu potencial.

O que é marketing de conteúdo?

Segundo os especialistas do Content Marketing Institute : “O marketing de conteúdo é uma abordagem de marketing estratégico focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido – e, em última análise, para impulsionar a ação lucrativa do cliente”.

Esse conteúdo pode ser uma página da web otimizada para SEO, um artigo de blog direcionado a um público específico ou um infográfico visualmente atraente que é facilmente compartilhado. Pode até ser um vídeo. Até mesmo um vídeo longo é preferido pela maioria das pessoas ao ler um whitepaper de 50 páginas, somente texto.

Em geral, uma estratégia de marketing de conteúdo envolve o foco nas histórias de sua marca, o que pode ser intrigante e até divertido. Afinal, quem quer consumir conteúdo chato e sem vida? No entanto, lembre-se de usar termos que seus compradores industriais estejam procurando.

Seus melhores clientes em potencial, aqueles que estão ativos no processo de compra, podem querer um “parceiro de fabricação confiável”, mas estão digitando “conversor de máquina de papel” ao pesquisar. Apenas certifique-se de que seu conteúdo é relevante para um problema que seu produto / equipe possa resolver.

Voltando à definição acima, “ação lucrativa do cliente” – o objetivo final, é claro – acontece quando você conecta seu conteúdo a uma abordagem de marketing de entrada.

Saiba mais sobre como se organizar para ter uma boa estratégia de marketing digital em Moçambique. CLIQUE AQUI

O que é inbound marketing?

O inbound marketing é um conjunto de ferramentas e processos que trabalham juntos, combinando a maneira como as empresas comercializam e com a maneira como as pessoas compram hoje.

O marketing de entrada aproveita o comportamento para que o tráfego seja gerado, os relacionamentos sejam formados, os leads sejam obtidos e os clientes fiquem encantados.

Ele funciona particularmente bem para indústrias complexas, como manufatura, onde os compradores industriais têm um ciclo de vendas mais longo e as compras são altamente consideradas, porque permite usar todas as ferramentas na estrutura de entrada para construir relacionamentos com seus melhores clientes potenciais em escala.

Assim, enquanto o conteúdo útil atrai clientes potenciais em busca de respostas, a metodologia inbound fornece uma estrutura para tudo em seu mix de marketing – da estratégia à produção de conteúdo, distribuição à promoção, SEO para levar nutrição e marketing e alinhamento de vendas.

A estratégia de marketing de entrada melhora o funil tradicional de vendas, implementando um modelo de volante que não apenas melhora a jornada do comprador, mas também inspira o crescimento dos negócios.

Para aproveitar ao máximo o inbound marketing, você precisa dos sistemas certos, como automação de marketing que converse com seu cliente para ajudá-lo a qualificar e nutrir os leads certos em escala e fornecer dados que sua equipe de vendas pode usar para ajudar a melhorar suas taxas de venda.

Atualmente, apenas 30% dos profissionais de marketing de conteúdo usam qualquer tipo de software de automação de marketing. Essa é uma oportunidade perdida!

O software certo não apenas fornece todas as métricas imagináveis ​​sobre como seus clientes em potencial estão envolvidos com seus negócios, mas também cria pontos de contato com o cliente, permitindo que você crie fluxos de trabalho para entregar conteúdo personalizado e relevante para seus leads e clientes com base em suas necessidades.

O conteúdo é crítico, mas é apenas parte da história.

Você quer que o conteúdo gere resultados e ajude a alcançar seus objetivos. Como o marketing de entrada é uma metodologia orientada por dados e resultados, o seu marketing de conteúdo é totalmente integrado à sua estratégia de conversão.

A entrada produz resultados usando o conteúdo para atrair e transformar leads em clientes, portanto, o foco está na otimização do conteúdo e da experiência de conversão .

Ao usar todos os componentes do marketing de entrada, ele se torna a abordagem poderosa para setores complexos, pois ele impulsiona um mecanismo que pode ser repetido e escalonável, produzindo leads mês após mês.

Quer continuar aprendendo?

Descubra no nosso curso de Marketing Digital em Moçambique. VEJA AQUI

Leia Mais sobre Inboud marketing