A importância do pentateuco para os cristão

importância do pentateuco para os cristãos

A Torá para os Cristãos não é um livro exclusivista e unicamente restrito a judeus mas também nos trás ensinos preciosos quanto ao Messias (Yeshua), todos os gentios que creram, à exemplo do 1º século.

Noutras palavras, os gentios recém-chegados crentes no início da sua caminhada guardavam os 4 mandamentos de Atos 15.20 (1º não adorar ídolos; 2º Abster-se das relações sexuais ilícitas; 3º Abster-se da carne sufocada e 4º Abster-se do sangue).

Os gentios para aprenderem mais acerca da Torá teriam de freqüentar a sinagoga onde a Torá é ensinada para também saberem o porquê dos mandamentos do versículo anterior, embora não lhes foi barrado a aprendizagem do restante da Torá (Atos 15.21: “Porque Moisés tem, em cada cidade, desde os tempos antigos, os que pregam nas sinagogas, onde é lido todos os sábados”).

Temos evidências históricas de que os gentios observavam as Festas Bíblicas, a abstinência dos animais que não são alimento segundo Levítico 11 (1 Coríntios 5.7 e 8; Colossenses 2.16).

Mas por quê os gentios faziam isto? Porque eles entendiam que pelo enxerto na Comunidade de Israel (Romanos 11.17, 24; Efésios 2.12,13) eles também podiam e tinham direito de “participar dos valores espirituais dados para os judeus” (Romanos 15.27 com 9.4,5).

Isto porquê os gentios crentes davam importância à Torá, e sabiam que só teriam a ganhar com a observância (sem imposição legalística) das Festas Bíblicas , das Leis da Alimentação, etc.

Isto em nenhum momento é “judaizar” como alegam alguns, mas sim usufruir das bênçãos do Eterno mediante a observância legítima da Sua Torá (1 Timóteo 1.8) como instrumento não de meio de salvação, mas como um meio de preservá-la sem tratar a graça de Deus de maneira libertina (Judá [Judas] versículo 4)!

O Pentateuco moldou as nações. Encontramos nesse tesouro de antiqüíssimas doutrinas tradicionais, a Lei de Deus nos seus aspectos moral, cerimonial e civil, bem como a revelação da verdade. Nas narrativas, legislação, ritual, poesia e outros elementos, estão revelados o pecado do homem, a santidade e o amor de Deus com o seu perdão mediante o sacrifício de seu Filho na cruz do Calvário.