Pedro, fortalecido pelo Espírito Santo

Crescimento na graça pedro fortalecido

“Então Pedro levantou-se com os Onze e, em alta voz, dirigiu-se à multidão: “Homens da Judéia e todos os que vivem em Jerusalém, deixem-me explicar-lhes isto! Ouçam com atenção.” Atos 2:14

Compreendamos em primeiro lugar o caráter de Pedro. Ele tinha pelo menos estas sete características:

  1. Homem de ação: Pedro era ativo e seu modo de agir era muito rápido. Às vezes agia sem pensar muito! Quando Jesus andou sobre o mar, ele pediu para andar também, e foi o único a ter essa experiência! Quando Jesus estava sendo preso, Pedro foi o único que agiu tentando ajudar Jesus, embora acabasse cortando a orelha direita do servo do sumo sacerdote (Mt 26, 51; Mc 14, 47; Lc 22, 50; Jo 18, 10). Nas histórias de Pedro, podemos ver que ele cometeu vários erros. Apesar de sua proeminência e entusiasmo, Pedro ainda era um ser humano imperfeito, mas muito atuante. Deus gosta de usar pessoas de “ação” na sua obra. Ele prefere que erremos tentando acertar, de que ficarmos parados, imobilizados ou engessados.
  2. Homem de coração humilde: Diz a Bíblia, que certo dia Simão, André, Tiago e João tinham tido uma fraca noite de pesca. Jesus apareceu de repente e, subindo para o barco de Simão, ordenou-lhe que lançasse as redes. Ele assim o fez, apanhando muitos peixes que acabou enchendo dois barcos. Foi um milagre feito perante Simão. O discípulo maravilhado lançou-se aos pés de Jesus, dizendo: “Senhor, ausenta-te de mim, que sou um homem pecador” (Lc 5.8). A confissão de Pedro indica que ele reconhecera a obra de Deus por intermédio de Jesus. Pedro na condição de pescador, não merecia estar na presença de Jesus, por ser Santo. Deus usa, com maior força, pessoas humildes como Pedro, que têm coragem de assumir seus erros.
  3. Arrependimento sincero de Pedro: Pedro tinha negado o seu Senhor no momento de maior necessidade e humilhação de Cristo. O seu arrependimento foi sincero, pois demonstrou isso quando se entristeceu verdadeiramente pelo ato que cometera, e não pelas conseqüências. É bom sabermos que sem arrependimento ninguém será salvo. Você tem essa virtude? Pois é, você sabia que tem muita gente no meio evangélico que nunca se arrependeu de ter sua língua refreada? Fala o que não deve, ou o que não convém dizer, mas fala! Você sabia que tem pessoas que não sabe perdoar? E que não pede perdão por ter errado?. Que fala palavras ásperas num momento de raiva?
  4. Um poderoso missionário: Pedro além de ativo, era zeloso, firme e intolerante. Jesus viu nele um elemento útil para a sua igreja. Pedro foi chamado para ser “pescador de homens” (Mt 4, 19). Na vida de Pedro, podemos identificar e observar como Deus usa pedras imperfeitas como nós. Pedro se destacou como um apóstolo humilde, mas de uma capacidade missionária extraordinária! Esses ingredientes fazem parte da receita de uma vida cristã saudável e digna de toda honra! Amados, creia, vocês poderão também se tornarão uma “pedra” nas mãos de Jesus, onde Ele irá lapidar e fazer de vocês uma “pedra” de infinito valor.
  5. Um forte espírito de liderança: Quando lemos o NT, podemos perceber que Pedro sempre “encabeça” a lista dos apóstolos nos relatos dos evangelhos. Junto a Tiago e João é um dos três do círculo fechado de Jesus. Os Evangelhos com freqüência retratam Pedro assumindo posição de liderança: faz perguntas, dá conselhos não solicitados, salta do barco para se encontrar com Jesus, anda sobre as águas, expressa convicção de que Jesus é o Cristo, afirma fervorosamente sua lealdade, puxa a espada no Getsêmani, e briga com os que vieram prender Cristo.

Desses pontos podemos inferir no que aconteceu com o apóstolo imediatamente a descida do Espírito Santo, segundo ele mesmo (Pedro), é a promessa que estava sendo cumprida na vida da Humanidade. Assim, vemos Pedro com sabedoria a instruir os seus conterrâneos a se arrependerem para receber salvação.

Não só a teve sabedoria, mas Deus usou a Pedro para abençoar os enfermos de modo que as ppessoas procuravam até aproximarem à sombra dele para serem curados…vemos Tabita a ressuscitar após a oração do apóstolo!

Outro ponto maravilhoso é que Pedro foi uma bênção na vida dos gentios. Ele pregou a boa nova para os gentios. Aprendamos com aquele apóstolo, nosso irmão e amigo…sim amigo daqueles que são amantes da PALVARA viva e eficaz – Cristo Jesus.