Nenhum comentário

Tumores: benignos, pré-maligno e maligno

tumor

Um tumor é uma massa de tecido formada por um acúmulo de células anormais. Ou por outra, segundo Instituto de Câncer dos EUA, um tumor é uma massa anormal de tecido que resulta quando as células se dividem mais do que deveriam ou não morrem quando deveriam.

Normalmente, as células do corpo envelhecem, morrem e são substituídas por novas células. À medida que novas células se formam, as velhas morrem.

Quando uma pessoa tem tumor , novas células se formam quando o corpo não precisa delas. Se houver muitas células novas, um grupo de células ou tumor poderá se desenvolver.

As células tumorais crescem, mesmo que o corpo não precise delas e, diferentemente das células antigas normais, elas não morrem. À medida que esse processo prossegue, o tumor continua a crescer à medida que mais e mais células são adicionadas à massa.

Embora alguns tumores sejam benignos e consistam em células não cancerosas, outros são malignos. Os tumores malignos são cancerígenos e as células podem se espalhar para outras partes do corpo.

Tipos de tumores

tumores

Os tumores podem variar em tamanho, de um pequeno nódulo a uma grande massa, dependendo do tipo, e podem aparecer em quase qualquer parte do corpo.

Ou seja, os tumores crescem e se comportam de maneira diferente, dependendo de serem cancerígenos (malignos), não cancerígenos (benignos) ou pré-cancerosos.

Tumores benignos ou não cancerígenos

A maioria dos tumores benignos não é prejudicial e dificilmente afetará outras partes do corpo.

No entanto, eles podem causar dor ou outros problemas se pressionarem nervos ou vasos sanguíneos ou se desencadearem a superprodução de hormônios, como no sistema endócrino.

Resumidamente as suas características são:

  • fica em um só lugar e não se espalhe para outras partes do corpo
  • geralmente não voltam depois que são removidos
  • tendem a ter uma forma regular e suave e têm uma cobertura chamada cápsula
  • pode ser movido facilmente no tecido

tumor cutâneo

Exemplos de tumores benignos incluem:

  1. Adenomas, que se desenvolvem no tecido epitelial glandular, que é a fina membrana que cobre as glândulas, órgãos e outras estruturas do corpo. Estes podem incluir: pólipos no cólon, fibroadenomas (uma forma comum de tumor benigno da mama), adenomas hepáticos, NB: os adenomas não começam como câncer. No entanto, alguns podem mudar e se tornar adenocarcinomas, que são cancerígenos.
  2. Miomas, ou fibromas, são tumores benignos que podem crescer no tecido fibroso ou conjuntivo de qualquer órgão. Miomas uterinos são comuns. Outros exemplos são: angiofibromas, que podem aparecer como pequenas saliências vermelhas no rosto; e dermatofibromas , que aparecem na pele, geralmente nas pernas.
  3. Hemangiomas, tumores benignos que se formam quando os vasos sanguíneos crescem excessivamente. Eles podem aparecer como “marcas de morango” vermelhas na pele ou podem se desenvolver dentro do corpo. Eles estão frequentemente presentes no nascimento e desaparecem durante a infância.
  4. Lipomas, são uma forma de tumor de tecidos moles e consistem em células de gordura. Eles podem aparecer em qualquer idade, mas geralmente afetam pessoas de 40 a 60 anos. A maioria dos lipomas são pequenos, indolores, emborrachados, suaves ao toque e móvel. Eles costumam aparecer nas costas, ombros, braços, nádegas e parte superior das pernas.

Pré-maligno ou pré-cancerosas

Células pré-cancerosas são células anormais que podem se transformar em câncer se não forem tratadas. Algumas dessas células apresentam alterações leves que podem desaparecer sem qualquer tratamento.

Mas algumas células pré-cancerosas transmitem alterações genéticas e gradualmente se tornam cada vez mais anormais à medida que se dividem até se transformarem em câncer. Pode levar muito tempo para que uma condição pré-cancerosa se transforme em câncer.

Alterações pré-cancerosas podem ser leves a graves. Existem diferentes maneiras de descrever as alterações pré-cancerosas com base em quão leves ou graves são as alterações.

  1. Hiperplasia, significa que as células anormais estão se dividindo e aumentando em número mais rápido que o normal. As células parecem normais ao microscópio, mas há mais células que o normal. Alguns tipos de hiperplasia são pré-cancerosos, mas a maioria não é.
  2. Atipia, significa que as células são levemente anormais (atípicas). Às vezes, a atipia pode ser causada por medicamentos e inflamação, mas alguns tipos de atipia são pré-cancerosos.
  3. Metaplasia, significa que houve uma alteração nos tipos de células que normalmente são encontrados nessa área do corpo. As células parecem normais, mas não são o tipo de células normalmente encontradas nesse tecido ou área. A maioria dos tipos de metaplasia não é pré-cancerosa, mas alguns são.
  4. Displasia, significa que as células são anormais, há mais células do que o normal, as células estão crescendo mais rápido que o normal e não estão dispostas como células normais. A displasia é uma condição pré-cancerosa.
  5. O carcinoma in situ é o tipo mais grave de alteração pré-cancerosa. As células são muito anormais, mas não cresceram em tecidos próximos. O carcinoma in situ é geralmente tratado porque tem um alto risco de se desenvolver em câncer.

Pessoas com condições pré-cancerosas são geralmente verificadas regularmente, para que possam ser tratadas rapidamente se as alterações celulares se tornarem mais graves ou se transformarem em câncer.

Maligno

Tumores malignos são cancerígenos. Eles se desenvolvem quando as células crescem incontrolavelmente. Se as células continuarem a crescer e se espalhar, a doença pode se tornar fatal.

tumor no fígado

Os tumores malignos podem crescer rapidamente e se espalhar para outras partes do corpo em um processo chamado metástase.

As células cancerígenas que se movem para outras partes do corpo são as mesmas que as originais, mas têm a capacidade de invadir outros órgãos. Se o câncer de pulmão se espalhar para o fígado, por exemplo, as células cancerígenas no fígado ainda serão células cancerígenas.

Diferentes tipos de tumor maligno se originam em diferentes tipos de células.

Exemplos incluem:

  1. Carcinoma: Esses tumores se formam a partir de células epiteliais, presentes na pele e no tecido que cobre ou reveste os órgãos do corpo. Os carcinomas podem ocorrer no estômago, próstata, pâncreas, pulmão, fígado, cólon ou mama. Eles são um tipo comum de tumor maligno.
  2. Sarcoma: Esses tumores começam no tecido conjuntivo, como cartilagem, ossos, gordura e nervos. Eles se originam nas células fora da medula óssea . A maioria dos sarcomas é maligna.
  3. Tumor de células germinativas: Esses tumores se desenvolvem nas células que produzem esperma e óvulos. Eles geralmente ocorrem nos ovários ou testículos, mas também podem aparecer no cérebro, abdômen ou tórax.
  4. Blastoma: Estes tumores se formam a partir de tecido embrionário ou células em desenvolvimento. Blastomas são muito mais comuns em crianças do que em adultos. Eles podem levar a tumores no cérebro, olhos ou sistema nervoso.
Você pode gostar
Saúde

Artigos Semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu