Como queimar gordura da barriga: 3 recomendações de alimentos

3 alimentos para queimar gordura da barriga

Com estes 3 alimentos você poderá queimar gordura da barriga, você poderá perder peso com facilidade e manter uma boa saúde, evitando assim problemas como a diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

E Agora?!! Para falar a verdade: muita gente explica e procura mostrar algum meio para acabar com a gordura da barriga.

Outros gastam muito dinheiro com publicidade ou mesmo comprando produtos, cursos e treinamentos achando que vai encontrar uma forma mágica para queimar gordura visceral.

Mas, realmente existe uma “fórmula” mágica – uma maneira rápida e fácil que ajuda a queimar a gordura da barriga – como tantos anúncios e comerciais afirmam?

Bem, resumidamente posso dizer-lhe que não. (Sim, ficamos chateados ao ouvir isso também).

Porém, existem alimentos que queimam gordura da barriga. Isso só vai funcionar se você estiver disposto a fazer o esforço. Veja a lista abaixo:

Ovo

Não é estranho começarmos a tratar do ovo em primeiro lugar, fazemos isso porque o ovo é rico em proteínas, compostos fenólicos (com poder antioxidante).

Pessoas que seguem uma dieta moderadamente rica em proteínas (40% de carboidratos / 30% de proteína) pode perder até 38% da gordura corporal, sugere um estudo.

Como funciona a proteína? Primeiro, o organismo usa mais calorias para quebrar a proteína do que para quebrar outros alimentos. A proteína também ajuda a manter a massa muscular enquanto você está perdendo peso, e o músculo queima mais calorias do que a gordura.

Finalmente, a proteína atenua melhor a fome do que os carboidratos, o que também ajudou o grupo de proteína a perder peso. Por isso, inclua proteína em todas as refeições, especialmente no café da manhã.

Os ovos são uma solução fácil e barata. Um ovo cozido pode fazer um ótimo lanche, ao invés de você alcançar uma barra de chocolate.

Os ovos são uma das poucas boas fontes alimentares de vitamina D da natureza, que as pesquisas também sugerem que podem desempenhar um papel importante na manutenção do peso.

Cálcio é um dos alimentos secretos que queimam gordura da barriga

Existe uma forte ligação entre o alto consumo de cálcio e a melhoria da composição corporal. Quando o cálcio está baixo, seu corpo secreta hormônios que permitem aproveitar melhor o cálcio.

O problema é que, ao mesmo tempo, o corpo sinaliza às células adiposas para se agarrarem à gordura, incluindo a gordura da barriga.

Assim sendo, Laticínios, incluindo leite (mesmo leite integral, apenas verifique as calorias), queijo (especialmente o suíço) e iogurte, são as fontes preferidas de cálcio.

É aconselhável comer três porções de leite por dia, e manter o resto da sua dieta sob controlo, e você poderá perder peso constantemente.

Chá verde (presença de catequinas)

Ao tomar o chá verde, você poderá estar a queimar sua gordura da barriga, concomitantemente, estará lutando contra o câncer e doenças cardíacas, especialmente se estiver se exercitando (como a caminhada).

Num estudo, teve alguns participantes que beberam uma bebida contendo compostos antioxidantes potentes – catequinas – de chá verde e outros uma bebida sem catequinas. Além disso, estes participantes também fizeram cerca de 180 minutos caminhando, todas semanas.

Depois de 12 semanas, os bebedores de chá verde perderam 7,4% mais gordura da barriga do que os que não tomam chá verde. Isso é explicado pelo fato de que as catequinas aumentam o metabolismo e a taxa em que o fígado queima gordura.

Para colher essas recompensas, beba, por dia, de quatro a seis xícaras de chá verde com cafeína e faça pelo menos 180 minutos de exercícios por semana.

Quer um plano para perder a gordura da barriga?

Clique aqui para receber uma dieta detalhada de 21 dias para emagrecer e, eventualmente, perder a gordura da barriga.

Compartilhe o artigo

Autor: Augusto Constantino

Augusto Bene Tomé Constantino é Moçambicano. Nasceu na cidade de Chimoio, província de Manica. Formado em Farmácia pela Universidade Zambeze, leciona curso de Licenciatura na Faculdade de Ciências de Saúde da UniZambeze. Trabalha com microencapsulação de compostos bioativos usando biopolímeros de origem vegetal.