Estômago, suas funções e doenças

Saúde
Visitas: 204

O estômago é um órgão pertencente ao tubo digestivo, situado logo abaixo do diafragma, mais precisamente entre o esôfago e o duodeno. Nele, os alimentos são pré-digeridos e esterilizados, a fim de seguirem para o intestino, onde serão absorvidos.

Depois que a comida é mastigada e engolida, ela entra no esôfago, um tubo que transporta alimentos pela garganta e pelo peito até o estômago.

O esôfago se junta ao estômago na junção gastroesofágica (GE), que fica logo abaixo do diafragma (a fina camada de músculo respiratório sob os pulmões).

O estômago é um órgão parecido com uma sacola que contém comida e começa a digeri-lo secretando suco gástrico. A comida e o suco gástrico são misturados e depois esvaziados na primeira parte do intestino delgado, chamado de duodeno.

Alguns erros comuns

Algumas pessoas usam a palavra estômago para se referir à área do corpo entre o peito e a área pélvica. O termo médico para esta área é o abdômen.

Por exemplo, algumas pessoas com dor nesta área diriam que têm uma “dor de barriga”, quando na verdade a dor pode vir do apêndice, intestino delgado, cólon (intestino grosso) ou outros órgãos da área.

Os médicos chamariam esse sintoma de dor abdominal, porque o estômago é apenas um dos muitos órgãos do abdômen.

Partes do estômago

  • Cardia: A primeira parte que é a mais próxima do esôfago
  • Fundus: A parte superior do estômago ao lado da cárdia
  • Corpo (corpo): A parte principal que fica entre as partes superior e inferior
  • Antro: A parte inferior (perto do intestino), onde a comida se mistura com suco gástrico
  • Piloro: A última parte, que atua como uma válvula para controlar o esvaziamento do conteúdo estomacal para o intestino delgado.
As partes do estômago
Figura 1. Divisão do órgão (fonte: American Cancer Society)

As primeiras 3 partes (cárdia, fundo e corpo) são às vezes chamadas de estômago proximal. Algumas células dessas partes produzem ácido e pepsina (uma enzima digestiva), as partes do suco gástrico que ajudam a digerir os alimentos. Eles também produzem o fator intrínseco importantíssimo para o corpo absorver a vitamina B12.

As 2 partes inferiores (antro e piloro) são chamadas de estômago distal. O estômago tem duas curvas, que formam suas bordas internas e externas. Eles são chamados de curvatura menor e curvatura maior, respectivamente.

Outros órgãos próximos ao estômago incluem o cólon, o fígado, o baço, o intestino delgado e o pâncreas.

A parede do estômago tem 5 camadas:

A camada mais interna é a mucosa. É aqui que o ácido estomacal e as enzimas digestivas são produzidos. Em seguida, há uma camada de suporte chamada submucosa.

Fora disso, está a muscular própria, uma espessa camada de músculo que movimenta e mistura o conteúdo estomacal. As 2 camadas externas, a subserosa e a serosa mais externa, envolvem o estômago.

Camadas da parede do estômago
Figura 2. Camada da parede do estômago
(fonte: American Cancer Society).

Doenças gástricas

  • Gastrite
  • Dispepsia (perturbação da digestão)
  • DRGE ou Doença de refluxo gastroesofágico
  • Gastralgia (dores gástrica)
  • Câncer estomacal
  • Gastroparesia (atraso no esvaziamento gástrico sem obstrução mecânica)
  • Hipercloridria (conhecida vulgarmente por “acidez estomacal” – é provocada por secreção excessiva de ácido clorídrico gástrico)
  • Hipocloridria (baixa secreção de ácido clorídrico gástrico)
  • Acloridria (não existência de ácido clorídrico gástrico)
  • Linite plástica ou Doença de Brinton (forma de cancro que se difunde por todo o estômago)
  • Pirose (conhecida vulgarmente por “azia”)
  • Síndrome de Zollinger-Ellison (secreção excessiva de ácido clorídrico gástrico devido a um tumor do pâncreas)
  • Úlcera péptica

Você Irá Gostar

O que é varicela? Contagiosidade e sintomas
Câncer de estômago: causas, sintomas e tratamento
Menu