Hemorroidas: sintomas, causas e tratamento

Hemorroida, ou hemorroide, é uma condição médica caracterizada por inchaço das veias do ânus, assim como acontece com as veias varicosas (veias superficiais das pernas anormalmente dilatadas). Contudo, hemorroida pode resultar de esforço durante os movimentos intestinais ou do aumento da pressão nessas veias durante a gravidez.

Até certo ponto, todos nós possuímos hemorroidas, isto é, apresentamos conjuntos de veias em forma de almofadas logo abaixo das membranas mucosas que revestem a parte mais baixa do ânus.

Na verdade, a condição que muitas vezes chamamos hemorroida se desenvolve quando essas veias ficam inchadas e distendidas, como acontece com as varizes nas pernas.

Você pode gostar de

O objetivo deste artigo é descrever hemorroidas, seus tipos e suas causas. Você também saberá o que fazer para que a hemorroida não piore e se estiver com sintomas poderá saber o que comer para se livrar da hemorroida.

Tipos de hemorroidas

Existem dois tipos de hemorroidas, nomeadamente hemorroides internas e externas.

  • Hemorroida externas. São as mais desconfortáveis, porque a pele sobrejacente fica irritada. Além disso uma complicação para esse tipo de hemorroide é a formação de trombos (leia sobre trombose venosa profunda para entender que são trombos). Se um coágulo de sangue se formar dentro de uma hemorroide externa, a dor pode ser súbita e grave. É possível também sentir ou ver um caroço ao redor do ânus. O coágulo geralmente se dissolve com o tempo, deixando o excesso de pele (ou uma marca na pele), que pode coçar ou ficar irritada facilmente.
hemorroides ou hemorroidas
Representação da estrutura do recto (rectum) e ânus (anus). Podemos observar hemorroide interna (internal hemorrhoid), hemorroide externa (external hemorrhoid). Também podemo ver o músculo do esfínter (sphincter muscle), vasos sanguíneos (blood vessels) e o canal anal.
  • Hemorroida interna. Ela é tipicamente indolor, mesmo quando produz sangramento. Com este tipo de hemorroide é possível ver sangue vermelho vivo no papel higiênico ou ver o sangue pingar no vaso sanitário. Por outro lado, as hemorroidas internas também podem prolapsar ou se estender além do ânus, causando vários potenciasi problemas. Por exemplo, quando uma hemorroida se projeta para o interior do reto, ela pode coletar pequenas quantidades de muco e pequenas partículas de fezes que podem causar uma irritação.

Resumimos para você toda informação no infográfico a seguir:

representação gráfica das hemorroidas, tipos e tratamento caseiro.

Sintomas da hemorroida

Sinais e sintomas de hemorroida podem incluir:

  • Sangramento indolor durante os movimentos intestinais – pode se notar pequenas quantidades de sangue vermelho brilhante no papel higiênico ou no vaso sanitário;
  • Comichão ou irritação na região anal;
  • Dor ou desconforto anal;
  • Inchaço em torno do ânus;
  • Presença de caroço perto do ânus, que pode ser sensível ou doloroso.

Sintomas de hemorroida geralmente dependem da localização, conforme discutimos na seção anterior.

Não há duração definida para hemorroidas. No entanto, pequenas hemorroidas podem desaparecer sem qualquer tratamento em poucos dias.

Mas, se as hemorroidas externas forem grandes podem demorar mais tempo para cicatrizar e podem causar dor e desconforto significativos.

Causas de hemorroida

De forma muito simples, as causas de hemorroidas estão ligadas ao fato de que as veias ao redor do ânus tendem a se esticar (dilatar) ou inchar quando são pressionadas.

Tradicionalmente, as hemorroidas estão associadas a constipação crônica, esforço durante as evacuações e prolongamento da postura sentada no vaso sanitário devido a, por exemplo, prisão do ventre.

Isso também explica por que as hemorroidas são comuns durante a gravidez. Na realidade, durante a gestação o útero que está em expansão (aumento do tamanho) tendem a pressionar as veias e levar à aparição das hemorroidas.

Estudos mais recentes mostram que pacientes com hemorroides tendem a ter uma musculatura a lisa mais apertada no canal anal do que a média, mesmo quando a pessoa não está fazendo força.

A constipação aumenta esses problemas, porque a tensão durante a evacuação de fezes aumenta a pressão no canal anal e empurra as hemorroidas contra o músculo do esfíncter.

Finalmente, os tecidos conectivos que sustentam e mantêm as hemorroidas no lugar podem enfraquecer com a idade, fazendo com que as hemorroides se amolguem e prolapsem.

Como as hemorróidas são diagnosticadas?

O diagnóstico da hemorroida pode ser feito satisfatoriamente através de um exame visual de seu ânus. Entretanto, para confirmar o diagnóstico, seu médico pode fazer um exame diferente para verificar se há alguma anormalidade no ânus.

Esta verificação é conhecida como exame retal digital. Assim durante esse exame, o médico insere um dedo com luva lubrificada em seu reto. O diagnóstico é feito quando eles sentem alguma coisa estranha no seu reto.

Uma inspeção visual do seu anus pode ser satisfatório. Porque as hemorroidas internas costumam ser muito moles para serem sentidas durante um exame retal, o médico pode examinar a parte inferior do cólon e do reto com um anoscópio, proctoscópio ou sigmoidoscópio.

Mas isso depende de seus fatores de risco para doença gastrointestinal.

Cada um desses exames envolve seu médico usando uma pequena câmera para diagnosticar qualquer anormalidade em seu ânus, reto ou cólon.

Uma anuscopia examina o interior de seu ânus, uma sigmoidoscopia examina os últimos 40 centímetros de seu cólon e uma colonoscopia explora todo o cólon.

Nesses testes, uma pequena câmera de fibra óptica se encaixa em um pequeno tubo e é inserida no reto. Com este teste, o médico obtém uma visão clara do interior do reto para que possa examinar a hemorróida de perto.

Tratamento de hemorroidas

Algumas hemorroidas não requerem tratamento e desaparecem por conta própria em poucos dias. Portanto, durante esse período a pessoa deve descansar e evitar fazer qualquer coisa que force ou pressione a área.

Alguns cremes medicamentosos, como o gel de fenilefrina podem ajudar a aliviar a coceira e o desconforto.

Pessoas que muitas vezes têm hemorroide ou apresentam complicações, como sangue nas fezes, devem falar com um médico. Assim, o médico pode recomendar tratamentos alternativos ou realizar testes para descartar as causas subjacentes.

Em casos mais graves de hemorroidas pode ser necessário tratamento intensivo, incluindo procedimentos médico-cirúrgicos. Portanto, esses procedimentos podem incluir:

  • Ligadura elástica, que é o procedimento não cirúrgico mais comum para a remoção de hemorroidas.
  • Escleroterapia, durante a qual um médico injeta uma medicação química na hemorroida para reduzi-la.
  • Remoção cirúrgica, geralmente é o método bem sucedida e impede que as hemorroidas voltem. Mesmo assim, só uma pequena porcentagem de pessoas com hemorroidas precisa de cirurgia.

A cirurgia pode envolver a remoção da hemorroide ou o grampeamento das hemorroidas. O grampeamento bloqueia o fluxo sanguíneo para o tecido hemorroidário. Normalmente é usado apenas para hemorroidas internas.

O grampeamento geralmente envolve menos dor do que a remoção da hemorroida e permite o retorno mais precoce às atividades regulares. Em comparação com a hemorroidectomia, entretanto, o grampeamento tem sido associado a um risco maior de recorrência e prolapso retal, em que parte do reto se projeta do ânus.

As complicações também podem incluir sangramento, retenção urinária e dor, bem como, raramente, uma infecção sanguínea com risco de vida (sepse).

Remédio caseiro para hemorroida

Muitas vezes você pode aliviar a dor leve, o inchaço e a inflamação das hemorróidas com tratamentos caseiros.

  • Coma alimentos ricos em fibras, como frutas (incluindo os secos), hortaliças e cereais. As fibras alimentares amolecem as fezes e aumenta seu volume, o que pode te ajudar a evitar o esforço durante a evacuação que pode piorar os sintomas das hemorroidas existente. Portanto, adicione fibras à sua dieta aos poucos para evitar problemas com gases e amolecer as fezes. Veja as nossas dicas de como adicionar as fibras na sua dieta.
  • Use tratamentos tópicos. Procure aplicar um creme ou pomada para hemorroidas de venda livre ou supositório contendo hidrocortisona, ou use compressas contendo hamamélis ou um agente anestésico.
  • Mergulhe regularmente em um banho quente. Portanto, mergulhe sua região anal em água morna por 10 a 15 minutos, duas a três vezes ao dia.
  • Tome analgésicos orais. Você pode usar acetaminofeno (paracetamol), aspirina ou ibuprofeno temporariamente para ajudar a aliviar seu desconforto.

Com esses tratamentos, os sintomas da hemorroida costumam desaparecer em uma semana. No entanto, consulte um médico se você não obtiver alívio dentro de uma semana, ou antes, se tiver dor intensa ou sangramento.

Assine Gratuitamente

Quer ser informado quando publicarmos novos artigos? Clique no botão abaixo para assinar nossa newsletter. Publicamos vários artigos de qualidade todas semanas e queremos que você seja o primeiro a ter o acesso.

Revisado por:

Assine gratuitamente

Você está gostando desse artigo? Quer ser informado quando publicarmos um novo? Faça parte dos nossos assinantes:

Asma: sintomas, causas e tratamento
Como se livrar de hemorroidas: tratamento caseiro
Menu