Suores noturnos e suas principais causas

suores noturnos

Suores noturnos são episódios repetidos de transpiração extrema que podem “encharcar” suas roupas ou roupa de cama. Geralmente, esta condição está relacionada ao seu estado de saúde, ou seja pode ser um estado patológico.

A correta definição do suor noturno não deve ser confundido com um suor normal. Uma pessoa tem um suor noturno normal se, por exemplo, o seu quarto estiver excepcionalmente quente ou se você estiver usando roupas de cama a mais, pode suar durante o sono.

Os verdadeiros suores noturnos são fortes ondas de calor que ocorrem à noite e que podem encharcar as suas roupas e lençóis e que não estão relacionadas com um ambiente superaquecido.

É importante notar que o rubor (um calor e vermelhidão do rosto ou do corpo) pode ser difícil de distinguir dos verdadeiros suores nocturnos.

Em geral, suores noturnos também estão associados a febre, perda de peso, dor localizada, tosse, diarréia ou outros sintomas preocupantes.

Causas dos suores noturnos

Existem muitas causas diferentes de suores noturnos, dentre elas destacamos as seguintes:

  • Medicamentos – alguns medicamentos têm como efeito colateral a produção de suores noturnos. Destacamos alguns grupos: antidepressivos, agentes hipoglicémicos edrogas bloqueadoras de hormônios usadas para tratar certos tipos de câncer (terapia hormonal) Transtornos de ansiedade
  • Distúrbios auto-imunes
  • Neuropatia autonômica (danos nos nervos autonômicos)
  • Brucelose (uma infecção bacteriana)
  • Síndrome carcinoide (um certo tipo de tumor cancerígeno no intestino)
  • Toxicodependência (transtorno do uso de substâncias) ou abstinência (álcool, opioides, cocaína, cannabis, benzodiazepínicos)
  • Endocardite (uma infecção do revestimento interno do coração)
  • HIV / AIDS
  • Linfoma de Hodgkin (doença de Hodgkin)
  • Hipertireoidismo (tireoide hiperativa)
  • Leucemia
  • Mielofibrose (um distúrbio da medula óssea)
  • Linfoma não-Hodgkin
  • Osteomielite (uma infecção óssea)
  • Feocromocitoma (um tumor raro da glândula adrenal)
  • Abscesso piogênico (uma cavidade cheia de pus causada por uma infecção)
  • Distúrbios do sono (como apneia obstrutiva do sono)
  • Acidente vascular encefálico
  • Siringomielia (um cisto cheio de líquido na medula espinhal)
  • Doença da tireóide
  • Tuberculose
  • Menopausa – as ondas de calor que acompanham a menopausa podem ocorrer à noite e causar sudorese. Esta é uma causa muito comum de suores noturnos em mulheres.
  • Hiperidrose idiopática – é uma condição na qual o corpo cronicamente produz muito suor sem qualquer causa médica identificável.
  • Hipoglicemia – açúcar baixo no sangue pode causar sudorese. Pessoas que estão medicando com insulina ou medicamentos orais para diabetes podem ter hipoglicemia à noite, acompanhada de sudorese.