Vômito (emese): tipos, causas e fisiopatologia

Os vômitos e as náuseas constituem uma resposta sintomática inespecífica para uma grande variedade de enfermidades. O vômito ou emese é uma violenta expulsão oral do conteúdo gástrico, enquanto a náusea é o desejo iminente de vomitar.

Se você tiver uma emese pela manhã, antes do pequeno almoço ou café da manhã, pode ser que esteja grávida (3ª semana); Ou mesmo tenha uma urémia, ingestão de bebidas alcóolicas e no aumento da pressão de vaso sanguíneo dentro do crânio.

Por outro lado, o vômito pode ocorrer depois de se alimentar devido a uma redução da motilidade gastrointestinal.

Como ocorre um vômito?

criança vomitanto

O o processo de vômito muitos processos estão coordenadamente envolvidos, e estes incluem: mecanismos neurais, humorais e musculares.

Durante o vômito há produção de contração dos músculos torácicos, da parede abdominal e do diafragma, seguido de uma pressão dentro do abdômen. A isto se adiciona o relaxamento do esfíncter do esófago inferior e a contração pilórica.

Assim sendo, o conteúdo gástrico atravessa o esófago e, devido ao aumento da pressão torácica, a boca.

Você pode gostar de:

Tipos de vômitos

  1. O vômito com sangue (hematemese). Sua classificação depende muito da coloração apresentado pelo sangue. Por sua vez, é influenciado pelo conteúdo do ácido clorídrico do estômago. A hematemese se deve muitas vezes a um sangramento muito no esófago, estômago ou duodeno. Se a cor for da cor de café pode indicar presença de úlcera ou tumor.
  2. O vômito com cheiro pútrido é também designado fecalóide. Ele ocorre geralmente devido a uma obstrução intestinal ou do cólon e reflete a multiplicação exagerada de bactérias e, por sua vez, sua ação sobre o conteúdo intestinal. Em raros casos, pode ocorrer nas fístulas grastro-cólicas.
  3. O síndrome do vômito cíclico habitualmente começa aos 5 anos de idade. Portanto, ele é definido como ataques eméticos intratáveis e pode durar 20 horas; sendo repetido pelo menos 8 vezes por ano. A sua causa é multifatorial, mas se tem relacionado à enxaqueca.

Geralmente os vômitos com conteúdo alimentos podem sugerir uma doença no esófago, tais como a estenose grave, acalasia ou divertículo de Zenker. Portanto, os alimentos parcialmente digeridos, depois de várias horas de ingestão, ocorre quando o estômago se contrai lentamente (gastroparesia) ou na obstrução pilórica.

Possíveis causas da emese

  • Urgências abdominais que podem incluir apendicite, colecistite, pacreatite, periotonite, obstrução intestinal e obstrução da via biliar;
  • Aleterações do trato gastrointestinal (TGI), incluem dispépsia, úlcera péptica, disritmias gástricas, gastroenterites, intoxicação alimentar, entre outras;
  • Infeções do TGI: virais (rotavírus e adenovírus), bacterianas (estafilococo aureus, Bacillus cereus, Salmonella, Clostridium perfringens) e parasitárias;
  • Infeções sistémicas (agudas): inflamação do ouvido, meningite, pielonefrite e pneumonia;
  • Alterações do sistema endócrino (hormonal).
  • Gravidez, pode ocorrer no primeiro trimestre para até 5% dos casos na nona semana. Quando o vômito ocorre no terceiro trimestre está, muitas vezes, relacionado ao fígado gordo.
  • O vômito também pode ocorrer em pessoas com infarto agudo do miocárdio ou insuficiência cardíaca.
  • Os vômitos podem aparecer depois de uma operação, assim como depois de uso de alguns medicamentos.

Alguns sintomas associados ao vômito

Se você sentir uma dor antes do vômito pode indicar uma doença da bílis no pâncreas, assim como obstrução intestinal. No entanto, quando você sentir algum alívio da dor abdominal depois de vomitar pode significar que tenha uma úlcera péptica.

Noutros casos quando o vômito estiver associado com a perda de peso pode ser que a causa seja um câncer ou uma úlcera. Por outro lado, se não estiver perdendo o peso o vômito pode ter uma causa psicológica.

Há pessoas que sentem vertigem e zumbidos, dor de cabeça, alteração da consciência e visão, bem como rigidez da nuca. Nestes casos, pode-se considerar doenças do sistema nervoso central.

Quando você tiver infeções gastrointestinais e apresentar vômito, poderá também ter febre, diarreia e mialgias.

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.