Pneumotórax: sintomas, causas e tratamento

Pneumotórax é definido como um pulmão colapsado. Geralmente ocorre quando o ar vaza para o espaço entre o pulmão e a parede torácica. Esse ar empurra a parte externa do pulmão e o faz entrar em colapso. Ele pode ser um colapso completo do pulmão ou apenas uma parte do pulmão.

Existem dois tipos de pneumotórax: traumático e atraumático. Os dois subtipos não traumático são primários e secundários. Um pneumotórax espontâneo primário ocorre automaticamente sem um evento elicitante conhecido, enquanto um pneumotórax espontâneo secundário ocorre após uma doença pulmonar subjacente.

Um pneumotórax traumático pode ser o resultado de trauma contuso ou penetrante.

Os pneumotórax podem ser classificados ainda mais como simples, tensionados ou abertos. Um pneumotórax simples não altera as estruturas mediastinais, assim como um pneumotórax de tensão. O pneumotórax aberto é uma ferida aberta na parede torácica através da qual o ar entra e sai.

A doença espontânea primária ocorre principalmente entre 20 e 30 anos de idade. Enquanto o espontâneo secundário é mais observado em pacientes idosos de 60 a 65 anos, sendo que sua incidênciachega a ser de 6,3 e 2 casos para homens e mulheres por 100.000 pacientes, respectivamente. A proporção de homens para mulheres é de 3: 1.

Sintomas da pneumotórax

Os sintomas do pneumotórax podem dificilmente ser notados no início e podem ser confundidos com outros distúrbios.

Os sintomas do pneumotórax podem variar de leves a fatais e podem incluir:

pneumotoxa

pneumotórax (Hadd, 2006)

  • falta de ar
  • dor no peito, que pode ser mais intensa em um lado do peito
  • dor aguda ao inalar
  • pressão no peito que piora com o tempo
  • descoloração azul da pele ou lábios
  • aumento da frequência cardíaca
  • respiração rápida
  • confusão ou tontura
  • perda de consciência ou coma

Alguns casos quase não apresentam sintomas. Estes só podem ser diagnosticados com um raio-X ou outro tipo de varredura. Outros requerem atenção médica de emergência. Qualquer pessoa com os sintomas acima deve entrar em contato com seu médico ou procurar ajuda médica imediata.

Descubar o que é:

Causas da pneumotórax

Um pneumotórax pode ser causado por:

  • Lesão no peito. Qualquer lesão contundente ou penetrante no peito pode causar colapso do pulmão. Algumas lesões podem ocorrer durante agressões físicas ou acidentes de carro, enquanto outras podem ocorrer inadvertidamente durante procedimentos médicos que envolvem a inserção de uma agulha no peito.
  • Doença pulmonar. O tecido pulmonar danificado tem maior probabilidade de colapsar. O dano pulmonar pode ser causado por muitos tipos de doenças subjacentes, incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), fibrose cística e pneumonia.
  • Bolhas de ar rompidas. Pequenas bolhas de ar podem se desenvolver no topo dos pulmões. Às vezes, essas bolhas explodem – permitindo que o ar vaze para o espaço que circunda os pulmões.
  • Ventilação mecânica. Um tipo grave de pneumotórax pode ocorrer em pessoas que precisam de assistência mecânica para respirar. O ventilador pode criar um desequilíbrio da pressão do ar no peito. O pulmão pode entrar em colapso completamente.

Tratamento

A maioria das formas de pneumotórax requer atenção médica. A extensão dessa atenção médica pode variar tanto quanto o próprio distúrbio.

O tratamento médico padrão geralmente envolve a inserção de um pequeno tubo entre as costelas ou sob a clavícula para liberar o gás que se acumulou. Isso descomprimirá lentamente o pulmão.

Os médicos podem prescrever vários medicamentos para aliviar a dor, ajudar a remover toxinas ou prevenir infecções no corpo. Algumas pessoas podem precisar de oxigênio se sua capacidade pulmonar estiver deficiente.

O tratamento cirúrgico pode ser necessário em alguns casos, especialmente em indivíduos que tiveram repetidos pneumotórax.

Alguns pneumotórax muito pequenos podem curar sem qualquer tratamento. Os médicos podem dar a seus pacientes a opção de permitir que esta doença cure sob supervisão sem tomar nenhuma ação médica ou cirúrgica.

Uma pessoa que apresentar quaisquer sinais ou sintomas deve relatá-los a um médico. Eles podem decidir se a intervenção médica é necessária para reduzir o risco de eventos graves.

Complicações

  • Insuficiência respiratória ou parada
  • Parada cardíaca
  • Empiema
  • Edema pulmonar
  • Pneumopericardium
  • Pneumoperitônio
  • Fístula broncopulmonar
  • Dano ao feixe neurovascular durante toracostomia tubular
  • Dor e infecção cutânea no local da toracostomia tubular

Referência

  1. McKnight CL, Burns B. Pneumothorax. [Updated 2020 May 28]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2020 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK441885/
  2. HADDAD, Rui et al. Pneumotorax e pneumopericárdio hipertensivo em cirurgia cardiotorácica. J. bras. pneumol. [online]. 2006, vol.32, n.1 [cited 2020-06-18], pp.84-87. Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132006000100016&lng=en&nrm=iso>. ISSN 1806-3756. https://doi.org/10.1590/S1806-37132006000100016.

Você pode gostar

Compartilhe

Menu