PDF – Formulário Nacional de Medicamentos de Moçambique (2007)

Formulario nacional de medicamentos de moçambique

O PDF do Formulário Nacional de Medicamentos (FNM) está estruturada tendo por base grupos fármaco-terapêuticos organizados em 22 capítulos, identificados de 1 a 22.

Cada capítulo está por sua vez sub-dividido em sub-capítulos identificados por uma letra de A a Z. Dentro de cada capítulo ou sub-capítulo, os medicamentos estão dispostos por ordem alfabética do respectivo Nome Genérico Internacional e identificados por um número sequencial.

Faça o download do FNM de Moçambique aqui

Cada especialidade farmacêutica está precedida de um número de código composto de 3 caracteres: um primeiro número correspondente ao capítulo (de 1 a 22) a que ela pertence; uma letra (de A a Z) correspondente ao seu sub-capítulo e um segundo número referente ao seu número de ordem dentro do capítulo ou sub-capítulo.

Este número de código de cada especialidade é precedido de um número (de 0 a 4) colocado entre parénteses e que se refere ao nível de prescrição dessa especialidade.

Níveis de prescrição segundo o formulário nacional de medicamentos de Moçambique

DOWNLOAD DO FORMULÁRIO NACIONAL DE MEDICAMENTOS PDF

Estão definidos 5 níveis de prescrição a saber:

Nível (0) – Medicamentos dispensados pelo Agente Polivalente Elementar.

Nível (1) – Medicamentos que podem ser prescritos por Agentes de Medicina, Enfermeiros e categorias superiores a estas.

Nível (2) – Medicamentos que podem ser prescritos por Técnicos de Medicina Geral e categorias superiores a esta.

Nível (3) – Medicamentos prescritos por Médicos de Clínica Geral ou categorias superiores a esta.

Nível (4) – Medicamentos prescritos por médicos especialistas.

Refira-se que estes 5 níveis de prescrição não abrangem determinadas categorias profissionais específicas que estão também autorizadas a prescrever, como é o caso dos Técnicos de Anestesia, de Cirurgia, de Oftalmologia, de Psiquiatria, Enfermeiros do SMI etc.

Estes grupos profissionais estarão autorizados a prescrever medicamentos que constarão de listas específicas, as quais tomarão em conta o respectivo nível de formação e os objectivos profissionais de cada um deles.

Fonte FNM de Moçambique 2007.

Compartilhe o artigo

Autor: Augusto Constantino

Augusto Bene Tomé Constantino é Moçambicano. Nasceu na cidade de Chimoio, província de Manica. Formado em Farmácia pela Universidade Zambeze, leciona curso de Licenciatura na Faculdade de Ciências de Saúde da UniZambeze. Trabalha com microencapsulação de compostos bioativos usando biopolímeros de origem vegetal.