Vitamina E: quais benefícios e usos, efeitos colaterais, fontes e interações

A vitamina E (vit E) é uma vitamina que se dissolve na gordura. Ela é um nutriente importante para a visão, a reprodução e a saúde do sangue, do cérebro e da pele.

Na verdade a vit E é um nome coletivo para um grupo de substâncias com atividades antioxidantes distintas. Portanto, a vitamina E existe na natureza em pelo menos oito formas químicas (alfa-, beta-, gama- e delta-tocoferol e alfa-, beta-, gama- e delta-tocotrienol) que têm níveis variáveis ​​de atividade biológica. No entanto, o alfa-tocoferol é a única forma reconhecida para atender às necessidades humanas.

Fontes da vitamina E

Você pode encontrar a vitamina E naturalmente em alguns alimentos, adicionada a outros alimentos, como nos suplemento dietético.

Boas fontes incluem:

  • óleos vegetais – como colza (óleo vegetal), girassol, soja, milho e azeite
  • nozes e sementes
  • germe de trigo – encontrado em cereais e produtos derivados de cereais

As concentrações no sangue da vit E (alfa-tocoferol) dependem muito do seu fígado, porque este órgão (fígado) tem preferência apenas ao alfa-tocoferol; portanto, seu fígado utiliza e retira do seu organismo as outras formas de vit E. Como resultado, as concentrações no sangue e nas células das outras formas da vit E são menores do que as do alfa-tocoferol.

A quantidade de vitamina E de que você precisa é:

  • 4mg por dia para homens
  • 3 mg por dia para mulheres

Você deve conseguir toda a vitamina E de que precisa com sua dieta.

Quais são os benefícios da vitamina E?

A vitamina E é um antioxidante. Pode ajudar a proteger suas células contra danos. Por ela ser solúvel em gordura, o seu organismo tende a armazená-la para usar quando precisar.

A vit E pode prolongar a vida das suas células . O nosso organismo, nalgum momento, sofre de um processo de oxidação e envelhecimento acelerado quando as células são expostas a moléculas chamadas radicais livres.

Os radicais livres enfraquecem e quebram as células saudáveis. Além disso, essas moléculas também podem contribuir para doenças cardíacas e câncer. Contudo, os radicais livres são formados como resultado de processos normais do corpo.

Entretanto, eles causam danos que encurtam a vida útil das células. Por isso, a vitamina E é um poderoso antioxidante que pode ajudar a reduzir os danos dos radicais livres e retardar o processo de envelhecimento das células.

A deficiência de vitamina E pode causar dores nos nervos (neuropatia). No entanto, a maioria das pessoas adquirem a vit E suficiente a partir de uma dieta balanceada.

Quais são os usos da vitamina E?

Existem muitas evidências de que o uso da vitamina E pode ajudar a tratar:

  • Doença de Alzheimer. Nestes casos as altas doses da vit E podem atrasar a progressão da doença, principalmente se você for diagnosticado com doença de Alzheimer leve ou moderada.
  • Doença hepática. Estudos mostram que a vitamina E pode melhorar os sintomas da doença hepática gordurosa não alcoólica. No entanto, algumas evidências sugerem que a ingestão oral de vit E para essa finalidade por dois anos está associada à resistência à insulina.
  • Pré-eclâmpsia. Aumentar a ingestão de vitamina E não demonstrou prevenir essa condição de gravidez que afeta a pressão arterial.
  • Câncer de próstata. A pesquisa mostra que os suplementos de vitamina E e selênio não previnem o câncer de próstata. Também existe a preocupação de que o uso de suplementos de vit E possa aumentar o risco de câncer de próstata.
  • Condição hereditária que afeta o controle motor (ataxia com deficiência de vitamina E). O distúrbio genético do movimento denominado ataxia causa deficiência grave de vit E. Os suplementos de vitamina E são usados ​​como parte do tratamento para a ataxia.
  • Doença de Parkinson. Pessoas que consomem mais vitamina E em sua dieta podem ter um risco menor de doença de Parkinson. Tomar suplementos contendo vit E não parece beneficiar as pessoas já diagnosticadas com a doença de Parkinson.
  • Síndrome pré-menstrual (PMS). Tomar vit E por via oral parece reduzir a ansiedade, o desejo e a depressão em algumas mulheres com TPM.
  • Artrite reumatóide (AR). A vit E tomada junto com o tratamento padrão é melhor do que o tratamento padrão sozinho para reduzir a dor em pessoas com AR. No entanto, essa combinação não reduz o inchaço.
  • Queimadura de sol. Tomar altas doses de vitamina E (RRR-alfa-tocoferol) por via oral junto com vitamina C protege contra a inflamação da pele após a exposição à radiação UV. No entanto, a vit E sozinha não oferece o mesmo benefício. Aplicar vitamina E na pele, junto com vitamina C e melatonina, fornece alguma proteção quando usado antes da exposição aos raios ultravioleta.

Muitas pessoas tomam suplementos de vitamina E na esperança de melhorar o sistema imunológico, diminuir o risco de câncer ou fortalecer o cabelo, a pele e as unhas por meio dos efeitos antioxidantes e potencialmente antienvelhecimento da vitamina.

No entanto, os suplementos de vit E são desnecessários e oferecem poucos benefícios, a menos que você seja deficiente desta vitamina.

Se você tiver uma dieta com baixo teor de gordura ou com doenças que afetam a sua capacidade de digerir e absorver gordura, como a doença de Crohn ou fibrose cística, podem ter um risco aumentado de deficiência de vitamina E.

Efeitos colaterais

Segundo a Mayo Clinics, quando tomado em doses apropriadas, o uso oral de vitamina E é geralmente considerado seguro. Raramente, o uso oral de vitamina E pode causar:

  • Náusea
  • Diarréia
  • Cólicas intestinais
  • Fadiga
  • Fraqueza
  • Dor de cabeça
  • Visão embaçada
  • Erupção cutânea
  • Disfunção gonadal
  • Aumento da concentração de creatina na urina (creatinúria)

Tomar doses mais altas de vitamina E pode aumentar o risco de efeitos colaterais. Além disso, existe a preocupação de que as pessoas com problemas de saúde que tomam altas doses de vit E correm maior risco de morte.

O uso do alfa-tocoferol pode interagir com muitas condições. Por exemplo, existe pesquisa que sugere que o uso oral do alfa-tocoferol pode aumentar o risco de câncer de próstata.

Outra pesquisa sugere que o uso desta vitamina pode aumentar o risco de morte em pessoas com histórico grave de doenças cardíacas, como ataque cardíaco ou derrame.

Converse com seu médico antes de tomar vit E se você tiver:

  • Uma deficiência de vitamina K
  • Doença ocular em que a retina está danificada (retinite pigmentosa)
  • Distúrbios hemorrágicos
  • Diabetes
  • Uma história de um ataque cardíaco ou derrame anterior
  • Câncer de cabeça e pescoço
  • Doença hepática

O suplemento pode aumentar o risco de sangramento. Se você está planejando fazer uma cirurgia, pare de tomar vit E duas semanas antes. Além disso, converse com seu médico sobre o uso de vit E se estiver prestes a fazer ou se acabou de fazer um procedimento para abrir artérias bloqueadas e restaurar o fluxo sanguíneo normal para o músculo cardíaco (angioplastia).

Interações com medicamentos

Os suplementos de vitamina E têm o potencial de interagir com vários tipos de medicamentos, como:

  • Medicamentos anticoagulantes e antiplaquetários. Se você tomar grandes doses da vitamina E com medicamentos como a varfarina pode aumentar o risco de sangramento, especialmente em se você tiver uma baixa ingestão de vitamina K.
  • Sinvastatina e niacina. Se você tomar suplementos de vitamina E com outros antioxidantes, como vitamina C, selênio e beta-caroteno, pode aumentar nos níveis de colesterol de lipoproteína de alta densidade (HDL), especialmente os níveis de HDL2, o componente HDL mais cardioprotetor, entre pessoas tratadas com uma combinação de sinvastatina e niacina.
  • Quimioterapia e radioterapia. Os oncologistas geralmente desaconselham o uso de suplementos antioxidantes durante a quimioterapia ou radioterapia do câncer porque eles podem reduzir a eficácia dessas terapias ao inibir o dano oxidativo celular nas células cancerosas.

Referências

  • National Institute of Health. Vitamin E. Disponível em https://ods.od.nih.gov/factsheets/VitaminE-HealthProfessional/
  • Mayo Clinics. Vitamin E. Disponível em https://www.mayoclinic.org/drugs-supplements-vitamin-e/art-20364144
  • Webmd. Vitamin E: uses. Disponivel em https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-954/vitamin-e
Vitamina C: porquê e quanto precisamos, quais alimentos contém
Vitaminas do complexo B: tipos, função, fontes e deficiências
Menu